MARKETING DE RELACIONAMENTO EM SUPERMERCADOS VAREJISTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

Autores

  • Jeong Cir Deborah Zaduski Universidade Estadual Paulista
  • Kémelli Caroline Pirão Ricci

Palavras-chave:

Marketing, Relacionamento, Vendas, Comércio

Resumo

Na atualidade muito se tem falado em crescimento da concorrência de modo geral, e um cenário altamente dinâmico e complexo para as empresas de diversos setores. Para as empresas do varejo, como é o caso dos supermercados, essa concorrência tem aumentado constantemente, exigindo ações e ferramentas capazes de atender as exigências do mercado e do consumidor. É nesse momento em que o marketing e o relacionamento ganham destaque nesse ambiente, visto que podem atuar como estratégias para melhorar os resultados. Dessa forma, este estudo foi desenvolvido com a intenção de conhecer e explorar as estratégias de marketing de relacionamento para supermercados varejistas do estado de São Paulo. Deste modo, por meio de uma pesquisa qualitativa com coleta de dados em documentos, artigos e capítulos de teses e dissertações buscou-se identificar quais as estratégias de marketing de relacionamento podem ser utilizadas pelos supermercados de varejo e verificar quais são as ações mais competitivas para supermercados do varejo. Neste contexto, o trabalho teve como base uma pesquisa qualitativa, tendo como principal instrumento de coleta de dados a pesquisa bibliográfica. Constatou-se que, o marketing de relacionamento é fundamental para o setor supermercadista no Brasil, principalmente para o estado de São Paulo que é o estado que compreende a maior participação em faturamento brasileiro no setor varejista.

Referências

ARONOVICH, Henrique; PROENÇA, Maria Cristina de Araújo; VINIC, Richard. Varejo e clientes. São Paulo: DVS Editora, 2004.

BARNES, James G. Segredos da gestão pelo relacionamento com os clientes: é tudo uma questão de como você faz com que eles se sintam. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2002.

BLOG APAS SHOW, São Paulo. Supermercados paulistas atingem maior faturamento em cinco anos. Disponível em <http://apasshow.com.br/blog/index.php/2019/02/18/supermercados-paulistas-atingem-maior-faturamento-em-cinco-anos/> Acesso em: 16 mai. 2019.

CERVO, L. A. BERVIAN, A. P; SILVA, R. Metodologia e pesquisa. 6 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do Trabalho Científico. 5. Ed. São Paulo. Atlas, 2001.

KOTLER, Philip. Marketing de a a z: 80 conceitos que todo o profissional precisa saber. Rio de Janeiro: Campus, 2003.

MACHADO, Millor. Estudo da Metodologia Necessária para o Desenvolvimento de um Plano de Negócios. Unicamp. Campinas, 2009.

McKENNA, Regis. Marketing de relacionamento: estratégias bem-sucedidas para a era do cliente. Rio de Janeiro: Campus, 1992.

OLIVEIRA, S. L. Trabalho de metodologia científica: projetos de pesquisa, TGI, TCC, monografias, dissertações e teses. São Paulo, 2 ed. 1999.

PARENTE, J. Varejo no Brasil. São Paulo: Editora Atlas, 2014.

PEPPERS, Don; ROGERS, Martha. Ph.d. Marketing um a um. São Paulo, 3ª Ed Campus, 2004.

SILVEIRA, J.A, LEPSCH, S.L. Alterações recentes na economia do setor supermercadista brasileiro. Revista de Administração. V.32, n.2, abr./jun. 1997.

SUPERHIPER, Abras essencial. São Paulo. Ranking Abras 2019, n. 514, mai 2019. 82 p. Disponível em: <http://superhiper.abras.com.br/pdf/244.pdf > Acesso em: 13 mai. 2019.

ZEITHAML, Valarie A.; BITNER, Mary Jo; GREMLER, Dwayne. Marketing de serviços: a empresa com foco no cliente. São Paulo: Booknan, 2014.

Publicado

22-12-2019

Como Citar

ZaduskiJ. C. D.; Caroline Pirão RicciK. MARKETING DE RELACIONAMENTO EM SUPERMERCADOS VAREJISTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. Revista Alomorfia, v. 3, n. 1, p. 69-80, 22 dez. 2019.

Edição

Seção

Artigos