COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR DA GERAÇÃO “X” DE ACORDO COM AS FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO DE MARKETING

Autores

  • Thais Rubia Ferreira Lepre Unoeste
  • José Augusto Santos de Mello
  • Lucas Gabriel Lopes

Palavras-chave:

Geração, Consumidor, Mercado, Marketing, Estratégias

Resumo

O presente artigo aborda sobre o comportamento de consumo da geração X com relação às ferramentas de comunicação de marketing, este grupo de indivíduos tem mais facilidade no manuseio das principais ferramentas do que a geração antecessora, Baby Boomers. Porém, não totalmente integrada na utilização do meio comunicacional digital, por motivos de uma pequena parte desta geração, não possuir formação educacional, instrução e, às vezes, baixo acesso destas ferramentas de comunicação de marketing digital. Contudo o objetivo deste trabalho de pesquisa é descrever as principais estratégias que as empresas devem adotar para atrair consumidores desta geração através dos meios atuais e disponíveis de comunicação e marketing. Para as organizações atrair esse público é de grande importância, pois estão inseridas no mercado de trabalho, e apresentam total estabilidade profissional, já que uma das características forte desse grupo é a fidelidade e anos de permanência no meio organizacional que estão inseridos. Uma das principais alternativas é adotar um marketing direto com o consumidor desta geração através de propagandas de TV, rádio, jornais, outdoors, revistas, contendo a descrição do produto e serviço de acordo com o seu segmento mercadológico, e de acordo com fatores qualidade, custo benefício, variedade, flexibilidade e integração do consumidor com a empresa que está comercializando o seu produto e serviço. A metodologia utilizada neste artigo para a coleta de dados é a bibliográfica, pesquisa exploratória, análise qualitativa, de dados secundários comprovados em artigos, simpósios, e revistas de forte referencial teórico.

Referências

BARATA, L. A nova abordagem do Webmarketing aliada ao comportamento do consumidor. Dissertação (Mestrado em Publicidade e Marketing) –Instituto Politécnico de Lisboa, Escola Superior de Comunicação Social, Lisboa, 2011.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

CARO, A. Comportamento do consumidor e a compra online: uma análise multicultural. Tese de doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil, 2010.

DE MATTOS, C. A. et al. Os desafios na transição da geração x para a y na empresa. Dori Ltda. Revista Científica do Unisalesiano – Lins – SP, ano 2, n.4, jul/dez de 2011.

ENGEL, J. F.; BLACKWELL, R. D.; MINIARD, P. W. Comportamento do consumidor. 8 ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora S.A, 2000.

ESTEVES; S., P. Uso da internet pelo consumidor da terceira idade: influencias do risco percebido e impacto na intenção de compra online. Tese (Doutorado – Programa de Pós-Graduação em Administração) – Universidade do Rio Grande do Sul, Escola de Administração, Porto Alegre, 2014.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002.

GÁZQUEZ-ABAD, J. C.; SÁNCHEZ-PÉREZ, M. Characterising the deal-proneness of consumers by analysis of price sensitivity and brand loyalty: An analysis in the retail environment. The International Review of Retail, Distribution and Consumer Research, 2009.

EXAME. Os millennials, lamentamos informar, são coisa do passado. Disponível em: <https://exame.com/revista-exame/os-millennials-lamentamos-informar-sao-coisa-do-passado/>. Acesso em: 05 mar. 2020.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social, 5 ed. São Paulo: atlas 1999.

HOOLEY, G. et al. Estratégias de marketing e posicionamento competitivo. 3 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

IKEDA, A. A; MARTINS, C. A; CAMPOMAR, M. C. Sinalização de qualidade em e-commerce no momento pré-compra: diferenças entre websites de varejistas de produtos de luxo e de massa. PMKT: Revista Brasileira de Pesquisas de Marketing, Opinião e Mídia, São Paulo, nº. 13, p. 15-33, 2013. Disponível em: <http://www.revistapmkt.com.br/Portals/9/Volumes/13/2_Sinaliza%C3%A7%C3%A3o%20de%20Qualidade%20em%20E-Commerce%20no%20Momento%20Pr%C3%A9 Compra.pdf>. Acesso em: 17 de mar.2020.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo da População Brasileira, 2010. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br> Acesso em: 24 abr. 2020.

KOTLER, P. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1998.

__________. Administração de Marketing.10. ed. São Paulo: Person, 2000 – Artigo: Comportamento do consumidor e processo decisão de escolha.

__________; KELLER, K L. Administração de Marketing. 12. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.

LOMBARDIA, P. G.; STEIN, G.; PIN, J. R. Politicas para dirigir a los nuevos profesionales– motivaciones y valores de la generacion Y. Documento de investigación. DI-753. Mayo, 2008. Disponível em: <http://bit.ly/2WwAMLd>. Acesso em: 20 de março de 2020.

LISSITSA, S.; KOL, O. Generation X vs. Generation Y–A decade of online. Disponível em: < https://ideas.repec.org/a/eee/joreco/v31y2016icp304-312.html>. Acesso em: 10 mar. 2020.

LONGO, W. Advertainment e o futuro da propaganda. São Paulo, 2003. Disponível em <http://www.walterlongo.com.br>. Acesso em 27 mar.2020.

MANNHEIM, K. "El problema de las generaciones" [tradução: Ignacio Sánchez de la Yncera], Revista Española de Investigaciones Sociológicas (REIS), n. 62. 1993, p. 193-242.

OLIVEIRA, S. Geração Y. O Nascimento de uma nova versão de lideres. São Paulo. Intregrare. Editora, 2010.

RÁIZ, B. L; MARTARELLO, E. E. D; LIMA, F. E. G. Estratégia de marketing para captação de cliente: Unimed Lins Cooperativa de Trabalho Médico. 2012. (Trabalho de Conclusão de Curso) - UNISALESIANO, Lins-SP. Graduação em Administração, Universitári@ - Revista Científica do Unisalesiano. ano 3., n.7, p.74-86, jul/dez de 2012. Disponível em: <http://www.unisalesiano.edu.br/biblioteca/monografias/54897.pdf>. Acesso: 30 de mar. 2020.

RICHERS, R. O enigmático mais indispensável consumidor: teoria e prática. Revista da Administração, p. 13-20, jul. /set. de 1984. Disponível em <http://www.revistas.usp.br/rausp/article/view/167512>. Acesso em: 31 mar. 2020.

SABADIN, C. Outdoor: uma visão do meio por inteiro. 2 ed. São Paulo: Central do Outdoor, 1997.

SALOMON, M. R. O Comportamento do Consumidor: Comprando, Possuindo e Sendo. 9 ed. Porto Alegre, Editora Bookman, 2011.

STANTON, W. J. Fundamentos do Marketing. São Paulo: Pioneira, 1980.

STONE, M; WOODCOCK, N. Marketing de relacionamento: Litera Mundi, 1998.

TEIXEIRA, A. P. et al. O Sentido do Trabalho: uma análise à luz das Gerações X e Y. Diálogo. 2014. Canoas, n. 25, abr. Disponível em: <http://revistas.unilasalle.edu.br/index.php/Dialogo/article/view/1485>. Acesso em: 02 de abr. 2020.

VIANA, M. A., et al. Grupos geracionais e comprometimento: discussões e descobertas em uma Universidade Pública Federal. GPR ANPAD- IV Encontro de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho. Brasília, DF, Brasil. 2013.

VIEIRA; M.M. F; ZOUAIN, D. M. (orgs). Pesquisa qualitativa a administração: teoria e pratica, Rio de Janeiro. FGV. 2005.

WILLIAMS, K. C.; PAGE, R. A. Marketing to the generations. Journal of Behavioral Studies in Business, v. 3, n. 1, p. 37-53, 2011. Disponível em <https://www.researchgate.net/publication/242760064_Marketing_to_the_Generations> Acesso em: 01 abr. 2020.

XIX Congresso de Ciências da Comunicação na Região Nordeste, nº 19, 2017, Fortaleza. O papel dos Influenciadores Digitais no relacionamento entre Marcas e Millennials na Era Pós-Digital. São Paulo: Intercom, 2017.

XX Congresso de Ciências da Comunicação na Região Nordeste, nº 20, 2018, Juazeiro. Publicidade e Criança e um olhar na Propaganda Educativa: Uma Perspectiva de Análise. São Paulo: Intercom, 2018.

Publicado

29-12-2020

Como Citar

FERREIRA LEPRE, T. R.; SANTOS DE MELLO, J. A. .; LOPES, L. G. . COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR DA GERAÇÃO “X” DE ACORDO COM AS FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO DE MARKETING. Revista Alomorfia, v. 4, n. 3, p. 131-147, 29 dez. 2020.

Edição

Seção

Artigos