COMO O OURO E/OU BITCOIN PODE TE AJUDAR A SE AFASTAR DE UM SISTEMA MONETÁRIO TÓXICO?

Autores

  • Alexandre Godinho Bertoncello Fatec de Presidente Prudente
  • Sidney da Silva Lopes

Palavras-chave:

proteção de valor, juros negativos, covid-19

Resumo

O sistema monetário mundial mudou radicalmente, os juros caíram e em muitos países, estão negativos após a crise de 2008, no Brasil a mudança se consolidou em 2020 impulsionada pela COVID-19. Esta nova realidade trouxe dilemas para todos os atores do mercado monetário brasileiro, que buscam acumular capital no passar do tempo. Esta pesquisa verificou a possibilidade de proteger o capital e por meio de dois ativos, um de perfil clássico de hedge, o ouro, e um ativo que não participa do sistema monetário tradicional o Bitcoin. O método utilizado foi verificar os conceitos dos ativos por meio de pesquisa bibliográfica, posteriormente um levantamento quantitativo dos principais índices monetários, SELIC, câmbio, e valores nominais de ouro e Bitcoin e por fim uma análise exploratória por análises estatísticas em um período de 10 anos. O que se observou foi que o ouro é o ativo mais propicio para preservar o capital em períodos onde o sistema monetário torna-se tóxico, no mesmo período o Bitcoin demostrou que sua volatilidade esta ligada a outros fatores não relacionados ao sistema monetário tradicional e por este motivo nos últimos anos não pode ser considerado uma ativo seguro para períodos de instabilidade monetária.

Referências

BCB, Banco Central do Brasil. Origem e Evolução do Dinheiro. 2019. Disponível em: <https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/legado?url=https:%2F%2Fwww.bcb.gov.br%2Fhtms%2Forigevol.asp%3Fidpai%3DHISTDIN> Acesso em 08/03/2020

BRUNNHUBER S., How to Finance our Sustainable Development Goals (SDGs): Socioecological Quantitative Easing (QE) as a Parallel Currency to Make the World a Better Place. CADMUS vol. 2 issue 4 October 2015 disponivel em https://pdfs.semanticscholar.org/bf5d/2d85e31ddd3917c91eec4902108ebad7050d.pdf acesso 4 maio 2020.

CCBB, Centro Cultural Banco do Brasil. As várias Faces da Moeda. Rio de Janeiro: CCBB, 1998. P. 44.

FREITAS, Maria Cristina Penido de Freitas.A Evolução dos Bancos Centrais e seus desafios no contexto da globalização financeira. São Paulo. 2000. Disponível em: Acesso em 05/03/2020

KAPETANIOS G., MUMTAZ H., STEVENS I., and THEODORIDIS K. Assessing the economy – wide effects of quantitative easing. The economic Journal vol. 122 issue 564, nov 2012, pgs f316-f347 doi https://doi.org/10.1111/j.1468-0297.2012.02555.x 2012.

SPUTNICK, Sputnik Brasil. Mundo está de olho no novo sistema monetário. 2018. Disponivel em: <https://br.sputniknews.com/economia/2018022810628424-dinheiro-criptomoeda-ouro/> Acesso em 06/11/2019

SPUTNICK, Sputnik Brasil. Colapso do bitcoin desencadeia fome de investidores por Ouro. 2018. Disponivel em: <https://br.sputniknews.com/economia/2018011810307207-bitcoin-ouro-valor-investidores/> Acesso em 06/11/2019

SPUTNICK, Sputnik Brasil. Opinião: Criptomoedas podem competir com Ouro como Reserva de Valor. 2018. Disponivel em: <https://br.sputniknews.com/economia/2018020710467643-criptomoedas-ouro-valor-ativo/> Acesso em 06/11/2019

PINTO, Felipe. Aspectos controversos e vantagens do Bitcoin: Análise da visão das Intituições Financeiras Brasileiras. Vol. 04, n°. 53, Curitiba, 2018. pp. 524-550

ULRICH, Fernando. A Revolução das Moedas Digitais: Bitcoins e Altcoins – Aspectos Econômicos do Bitcoin, 1a Ed. São Paulo: Editora Revoar, 2016.

SCHIOCHETTI, Rafaela. Criptomoedas: O que são e como funcionam?.Politize,2020,disponível em: < https://www.politize.com.br/criptomoedas-o-que-sao-e-como-funcionam/> acesso em 03/05/2020.

Publicado

11-10-2020

Como Citar

BERTONCELLO, A. G.; LOPES , S. DA S. . COMO O OURO E/OU BITCOIN PODE TE AJUDAR A SE AFASTAR DE UM SISTEMA MONETÁRIO TÓXICO?. Revista Alomorfia ISSN 2594-5637, v. 4, n. 2, p. 14-24, 11 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos