Pesquisa Operacional como Ferramenta à Maximização de Receitas

Estudo de Caso em uma Horticultura

Autores

  • Melina Paula Batista Garcia Fatec Presidente Prudente
  • Alexandre Godinho Bertoncello Fatec Presidente Prudente
  • Icaro Alex'Sanderson Pereira de Godoy Fatec Presidente Prudente

Palavras-chave:

Produtividade, Suplemento Solver, Hortaliças

Resumo

O aumento da demanda por hortaliças ocorre há algum tempo de forma constante, proporcionando uma oportunidade para a agricultura familiar ampliar faturamento. Apesar de ser responsável por grande parte da produção de olericultura no Brasil, as pequenas propriedades têm baixa absorção de tecnologia, com grande frequência elas apresentam grandes gaps de informação e baixo poder de gestão. Esta pesquisa buscou implementar tecnologias de gestão e de tomada de decisões utilizando ferramentas acessíveis e de fácil aprendizagem. O método foi documental quantitativo, foi utilizado a programação linear do algoritmo Simplex, da planilha eletrônica MS-Excel com o Suplemento Solver. Como resultado foi possível avaliar a quantidade de produtos disponíveis para produção, buscando otimizar a receita e minimizar os custos, dessa forma podendo proporcionar um aumento de lucratividade em uma pequena propriedade de Pirapozinho, no Oeste Paulista. Contudo, apesar da intervenção positiva dentro da pesquisa, ressalta-se que para a técnica ganhar escala e tornar-se uma realidade dentro de pequenas propriedades, deve-se romper a dificuldade da transferência de tecnologia para propriedade que tenham gestores com baixo nível educacional.

Referências

ANDRADE, E. L. Introdução à Pesquisa Operacional: Métodos e Modelos para Análise de Decisões. Rio de Janeiro: LTC, 2004.

BODANESE, R; et al. Teoria Das Restrições, Pesquisa Operacional E Programação Linear, Estudo De Caso Com Utilização Do Solver. 2020. Disponível em: https://anaiscbc.emnuvens.com.br/anais/article/view/2170. Acessado em 10 de dezembro de 2020.

BOTACIM, R. S.; FONTANA, V. S.; XAVIER, B. M.; SOUZA, M. Pesquisa Operacional: a comparação de dois métodos para resolução de um problema de programação linear. Perspectivas Online: Exatas & Engenharia, v. 09, n. 24, p. 19-33, 2019. Disponível em: <http://ojs3.perspectivasonline.com.br/index.php/exatas_e_engenharia/article/view/815>. Acesso em: 20 Nov 2019. https://doi.org/10.25242/885X9242019815

CAIXETA FILHO, J. V. Pesquisa Operacional: Técnicas de Otimização Aplicadas a Sistemas Agroindustriais. São Paulo: Atlas, 2001.

DANTZIG, G. B. Linear programming and extensions. Princeton University Press, 1998.

GARCIA, S. GUERREIRO, R., CORRAR, L. J. Teoria das Restrições e Programação Linear. Trabalho apresentado no V Congresso Internacional de Custos, Acapulco, México, 1997.

LONGARAY, A. A. Introdução a pesquisa operacional. São Paulo: Saraiva, 212 p., 2013.

MARTINS, G. A.; THEÓPHILO, C. R. Metodologia da investigação cientifica para ciências sociais aplicadas. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MONTEZANO, E. M.; PEIL, R. M. N. Sistemas de consórcio na produção de hortaliças. Revista Brasileira Agrociência, Pelotas, v. 12, n. 2, p. 129 -132, 2006. Disponível em: <https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/CAST/article/view/4502>. Acesso em: 20 Nov 2019. https://doi.org/10.18539/cast.v12i2.4502

PASSOS, E. J. P. F. Programação linear: como instrumento da pesquisa operacional. São Paulo: Atlas, 451 p., 2008.

SANTOS, N. C. B.; MARTINS, V. W. B. Programação linear como ferramenta à maximização de receitas – estudo de caso de uma fazenda de produção agrícola. In: Simpósio de Engenharia de Produção, XXII, 2015. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/283710433. Acesso em: 22 Nov 2019. https://doi.org/10.13140/rg.2.1.3117.5127

Publicado

29-12-2020

Como Citar

GARCIA, M. P. B.; BERTONCELLO, A. G.; GODOY, I. A. P. DE . Pesquisa Operacional como Ferramenta à Maximização de Receitas: Estudo de Caso em uma Horticultura. Revista Alomorfia, v. 4, n. 3, p. 163-174, 29 dez. 2020.

Edição

Seção

Artigos